15 janeiro 2009

Conector de diagnóstico

A lâmpada de advertência da injeção funciona da mesma maneira que as luzes de
advertência de pressão de óleo ou bateria, ou seja, deve acender ao ser ligado o
contato de ignição da chave do veículo e deve apagar alguns segundos após.
Se o motor estiver em funcionamento e a lâmpada de advertência acender,
sabemos que o sistema de injeção apresentou alguma falha e ai para o diagnostico
e reparo do sistema é necessário um equipamento que é conectado ao terminal de
diagnóstico do veículo.
Aqui no Brasil, os fabricantes posicionam o conector nos mais variados lugares do
veículo, já que não existe uma padronização para o conector em si, onde cada
fabricante utiliza os mais diversos tipos e formatos de conectores.
Nos EUA o conector de diagnósticos era chamado de ALDL (assembly line diagnostic
link) ou OBD (on bord diagnostic) mas depois da padronização por legislação,
passou a ser chamado de OBD II e é igual em todos os veículos fabricados nos
EUA, além de ser padrão, o posicionamento do mesmo deve ser no máximo à 30
centímetros do centro do painel do veículo.
È através deste conector que são feitas as leituras dos defeitos que ficam
armazenados na memória do módulo de injeção eletrônica e também outros
sistemas do veículo.


Nenhum comentário: