17 dezembro 2008

Vem aí arquitetura 10 vezes mais rápida que Rede CAN

A indústria automobilística já pode introduzir nos automóveis mais avançados sistemas de controle eletrônico de alta velocidade, que aumentam a segurança e a estabilidade, ao mesmo tempo em que simplificam o sistema e reduzem os custos. Tudo isso graças à produção do primeiro modelo FlexRay qualificado para o mercado automotivo, o controlador MFR4200 FlexRay da Freescale.
"Acreditamos que o protocolo FlexRay está destinado a ser o padrão global para aplicações inovadoras de controle de alta velocidade no carro", diz Antonio Calmon, diretor da Freescale Semicondutores no Brasil e Cone Sul. "A lista dos fabricantes que adotaram o protocolo - Audi, BMW, DaimlerChrysler, Ford, GM, Toyota e Volkswagen - fala por si só da força que o FlexRay já ganhou".
À medida que aumenta no veículo o número de controladores embarcados para sistemas de segurança e conforto, é crítico haver um sistema de comunicação com eventos localizados em uma base de tempo de alta precisão. O MFR4200 possibilita uma velocidade de comunicação 10 vezes mais rápida que as soluções CAN (controller area network) e provê o desempenho necessário para uma comunicação de dados tolerante a falhas, tal como requerido pelas aplicações x-by-wire.
Espera-se que, gradualmente, os subsistemas automotivos x-by-wire (incluindo sistemas de freio, direção, suspensão, estabilidade e controle do corpo de borboleta) substituam a maioria das linhas hidráulicas e cabos mecânicos por sistemas de redes de comunicação, sensores e motores elétricos. O componente MFR4200 é ideal para aplicações de eletrônica de bordo, chassis, gerenciamento de motor e transmissão, e oferece integração transparente com um amplo leque de microcontroladores. O FlexRay complementa os principais padrões de rede de veículos (CAN, LIN e MOST), ao adicionar um protocolo de alta velocidade para os sistemas mais exigentes.

Nenhum comentário: